Sinopse

Nada mudaria a rotina do pequeno vilarejo de Javé se não fosse o fato de cair sobre ele a ameaça repentina de sua extinção: Javé deverá desaparecer inundado pelas águas de uma grande hidrelétrica. Diante da infausta notícia, a comunidade decide ir em defesa de sua existência pondo em prática uma estratégia bastante inusitada e original: escrever um dossiê que documente o que consideram ser os “grandes” e “nobres” acontecimentos da história do povoado e assim justificar a sua preservação. Se até hoje ninguém preocupou-se em escrever a verdadeira história de Javé, tal tarefa deverá agora ser executada pelos próprios habitantes. Como a maioria dos moradores de Javé são bons contadores de histórias, mas mal sabem escrever o próprio nome, é necessário conseguir um escrivão à altura de tal empreendimento.   É designado o nome de Antônio Biá, personagem anárquico, de caráter duvidoso, porém o único no povoado que sabe escrever fluentemente. Apesar de polêmico, ele terá a permissão de todos para ouvir e registrar os relatos mais importantes que formarão a trama histórica do vilarejo. Uma tarefa difícil porque nem sempre os habitantes concordam sobre qual, dentre todas as versões, deverá prevalecer na memória do povoado. Na construção deste dossiê, inicia-se um duelo poético entre os contadores que disputam com suas histórias – muitas vezes fantásticas e lendárias – o direito de permanecerem no patrimônio de Javé.

 

Ficha Técnica

35mm, 100 min.,2003
País: Brasil / França
Gênero: Comédia
Direção: Eliane Caffé
Roteiro: Eliane Caffé, Luis Alberto de Abreu
Elenco: José Dumont, Luci Pereira, Matheus Nachtergaele, Benê Silva, Nelson Xavier
Fotografia: Hugo Kovensky
Trilha Sonora: DJ Dolores, Orquestra Santa Massa
Produção: Bananeiras Filmes e Gullane Filmes

Prêmios

Festival de Cinéma des 3 Ameriques (Quebec / Canadá) / 2004
-Prêmio de melhor longa-metragem de ficção do
Festival Un Cine de Punta (Punta del Leste / Uruguai) /2004
-Prêmio Mano de Ouro, de melhor filme, no
XIX Muestra de Cine Mexicano e Liberoamericano de Guadalajara
-Prêmio: menção Honrosa pelo Juri Oficial
30º Festival Internacional do Filme Independente de Bruxelas
- Prêmio melhor filme e melhor roteiro
Federation Internationale de la presse cinematographique
- Prêmio de melhor filme pelo Júri FIPRESCI - - Festival de Friburgo/ Suíça – 2003
Festival Internacional Um Cine de Punta / Punta Del Leste
- Prêmio “Mano de Oro” de melhor filme / 2004
Festival Internacional de Rotterdam / Holanda ( 2003)
-Selecionado para a mostra competitiva do 32º festival internacional de cinema
Festival Internacional de Toronto/ Canadá (2003)
Festival Internacional do Rio de Janeiro / Brasil (2003)
- Melhor filme
- Melhor ator para José Dumont
- Melhor filme pelo Júri Popular
Cine PE – Festival do Audiovisual – 2003
- Melhor filme
- Melhor Direção
- Melhor montagem, som, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante
- Prêmio da crítica – melhor filme
- Prêmio Gilberto Freire
3º Ecocine – Festival Nacional de cinema e vídeo ambiental
- Melhor filme
7ª Bienal Bienal de Design Gráfico /2004
- premiado como destaque na Categoria TV, Cinema e Vídeo.
Prêmio APCA /2005
- Melhor roteiro para “Narradores de Javé”
Prêmio da Crítica – CINESESC/2005
- Melhor diretor por “Narradores de Javé”
Prêmio TAM do Cinema Brasileiro – 2005
-Melhor roteiro
-melhor ator coadjuvante

2. “STORYTELLERS” / Narradores de Javé – (fiction, 35 mm, 100’/2002).

AWARDS

3. Americas Film Festival (Quebec / Canada) 2004
-Best Feature Fiction Film Award
Un Cine de Punta Film Festival (Punta del Leste / Uruguay) 2004
-Mano de Ouro Best Film Award
XIX Mexican and Iberian-American Film Festival Guadalajara
-Honorable Mention Award by Official Jury
30th International Independent Film Festival Brussels
- Best Film and Best Screenplay Awards
International Federation of Cinematographic Press
- Best Film Award by FIPRESCI Jury – Freiberg Film Festival/Switzerland – 2003
International Cine de Punta Film Festival/Punta Del Leste
- Mano de Oro Best Film Award/2004
International Film Festival Rotterdam / Holland - 2003
-Selected for the Competitive Exhibition for the 32nd International Film Festival
International Film Festival Rio de Janeiro/Brazil - 2003
- Best Film
- Best Actor for José Dumont
- Best Film by Popular Jury
Cine PE – Audiovisual Festival – 2003
- Best Film
- Best Director
- Best Editor, Sound, Actor, Actress and Supporting Actress
- Critic’s Award – Best Film
- Gilberto Freire Award
3rd Ecocine – National Environmental Film and Video Festival
- Best Film
7th Graphic Design Bienal/2004
- highlight in TV, Cinema and Video Category
APCA Award/2005
- Best Screenplay
Critics’ Award – CINESESC/2005
- Best Director
TAM Award for Brazilian Cinema – 2005
- Best Screenplay
- Best Supporting Actor